<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d5329291\x26blogName\x3dNo+Surprises\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://nosurprise.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://nosurprise.blogspot.com/\x26vt\x3d-7886794234534277740', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>


sábado, junho 21, 2003
"Puta falta do que fazer hein, moleque?"
É o que minha conciência me diz exatamente agora.
"Arranja alguma coisa pra fazer, porra!"
Ela completa.
"Putz.Não acredito que você está escrevendo isso!"
Nem eu...
Nem eu.
(interrompendo as historinhas)
Caralho.
Agora fiquei com medo.
Vi uma coisa.
Uma história velha minha, a mortes parte 1, tem 666 bytes.
Hehehehe.
Até o capeta marca presença no meu blog!
Que legal.
Um dia, uma nova nação surge.Mas, como qualquer república constitucional, prescisa de uma constituição.Mas não qualquer constituição.Uma nova e democrática constituição.Ninguém do governo provisório tinha alguma idéia sobre isso.

Até que uma idéia surgiu.

(continua...)
sexta-feira, junho 20, 2003
Era uma vez uma bela donzela que vivia em um castelo arruinado. O castelo só estava em ruínas por causa da maldade do príncipe galã. Além de destruir o castelo ele também levou o dragão de estimação dela. Ele levou o dragão e o colocou na porta da frente de seu castelo.

Ela primeiramente não quis. Mas teve de ir senão sua mãe iria a matar.

Quando saiu de seu castelo, o céu se abriu em fúria e Deus matou todo mundo.

FIM!
Hoje me prometi que prepararia 7 posts para serem distribuídos pela semana.
Faço isso porque quero.
Faço isso porque gosto.
Faço isso porque tenho postado muito pouco.
Faço isso porque quero estimular minha criatividade.

Ah, fodam-se as apresentações.


Depois tento de novo.
domingo, junho 15, 2003
Devida ao grande número de votos, irei mudar a enquete.
Estou aberto à sugestões.
Mais um ano.
Um ano de tristezas, felicidades e algo mais.
Que bom.
Acho que assim que se prossegue, né?
Eu presciso de algo para falar.
Eu presciso de alguém com quem falar.
Não apenas falar.
Falar sobre várias coisas.
Coisas que possam compreender.
Não somente coisas.
Falar sobre coisas é simplesmente inútil.
Falar sobre coisas é um método de fuder com sua própria garganta e até, de certo modo, encurtar sua vida.
Ninguém me compreende.
Quem sabe até eu mesmo não me compreenda.
Nunca falei comigo mesmo.
Acho que nem quero.
Acho que nem presciso.
Eu só presciso falar.
Falar de um jeito que não consigo.
Falar como se fosse compreendido.
Ah, só são palavras.
Palavras que me fariam ficar bem melhor.
E por isso pratico.
Sim, aqui.
Pratico para que algum dia eu me compreenda.
Pratico para que algum dia eu seja compreendido.
Pratico para que algum dia eu faça sentido.
E nesse dia a vida perderá seu único verdadeiro valor.
O valor de compreender tudo.
Pois quando você se compreende, acha algo de aprecido nos outros e, com isso, acaba compreendendo tudo.
Quando você se compreende, você descobre o sentido da vida.
E é isso que procuramos, não?
Olha meu bonequinho.

Meu ideal


Ah, fala sério.
Ficou legalzinho.
domingo, junho 08, 2003
Um belo dia amanhece e eu já ouço uma bela frase:

"O sol tá quente hoje, né?"


Não acreditei nessas ondas sonoras que meu cérebro acabara de decodificar.
Se o sol tá quente? Essa é fácil.Normalmente ele exala um frio congelante mas hoje, e exclusivamente hoje, o sol tá quente.
Porra.
Que que você acha?
Depois disso eu me senti na obrigação de formar frases para expressas o que ela queria dizer:

"As moléculas estão de agitando muito hoje."
"A entalpia do ar está muito grande hoje, não?"
"Hoje a radiação solar está fazendo com que nossos receptores neurais térmicos trabalhem muito hoje, não acha?"
"Estamos recebendo grande energia térmica hoje."
"Estou percebendo grande taxa de transferência termal agora, não é?"


Hau!
sábado, junho 07, 2003
Ô Pedro,
Decide ae!
Vai vir pro rio ou não?
Me desculpem se sou chato com esses negócios de colocar pedaços de músicas mas elas praticamente falam por mim.

"What the fuck is this world,
running to you didn't"
domingo, junho 01, 2003
Porra.
Toda semana tem que dar alguma merda no blog.
Primerio o blog simplesmente não entrava.
Depois o template sumiu.
Agora o maldito sistema de comentários sumiu.

Porra!
Parem já com esse vai-vem!
"Uh ah ãã aeãeã.
Uh ah ãã aeãeã."
Uhu!



Zerei Out of This World nas duas versões.
Que legal!
Um viva para o walktrougth do tio Pedro!
Eu estou simplesmente sozinho.Está frio.Maldita noite em que aconteceu o acidente.Agora eu terei de fazer alguma coisa para preencher esse espaço.Por quê?Me diga, por que!?
Eu estou me sentindo horrível.Nem por isso deixo de sorrir.Eu tinha tudo o que necessitava. Mas sempre queria mais.Minha vida se tornou um imenso vazio e, ao mesmo tempo, um pesadelo depois do ocorrido.Ainda fico revoltado ao pensar que, mesmo sendo inimigos, nós fomos acabar nesse fim trágico.Também não entendo porque você fez aquilo.Se sacrificar por um inimigo.
Só sei que hoje não sinto mais graça em roubar. Acho que você atingiu seu objetivo, não é?Quem sabe nos encontramos aí em cima e relembramos os velhos tempos e celebramos os novos, em paz.Quem sabe...

-carta de Coringa para Bruce Wayne(Batman).